Sinfônica da USP estreia obras de Aylton Escobar e Mario Ficarelli

por Redação CONCERTO 14/06/2019

A Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo apresenta neste sábado, dia 15, um programa bastante especial, dedicado à música brasileira e com duas estreias mundias: Lírica esquecida em 1960, de Aylton Escobar, encomendada pelo grupo, e Concerto para piano, percussão e cordas, última obra de Mário Ficarelli, morto em 2014.

A peça de Escobar estabelece uma ponte entre os anos 1960 e nossa época, buscando pontos de contato entre duas épocas bastante conturbadas do ponto de vista social e político ou, nas palavras do autor, “épocas assustadoras” (leia aqui entrevista com o compositor).

A apresentação tem ainda obras de Camargo Guarnieri (Suíte Vila Rica e Encantamento) e Villa-Lobos (Bachianas brasileiras nº 2). A regência é de Ricardo Bologna; a pianista Karin Fernandes e o percussionista Fernando Hashimoto serão os solistas.

Clique aqui e veja mais detalhes no Roteiro do Site CONCERTO

Leia mais
Revista CONCERTO:
Memórias do futuro, por Leonardo Martinelli
Notícia: Benjamin Zander inicia turnê brasileira; leia entrevista
Notícia: Theatro São Pedro apresenta ópera ‘O caso Makropulos’, de Janácek

Sinfônica da USP [Divulgação]
Sinfônica da USP [Divulgação]