Podcast da CONCERTO faz retrospectiva 2011, com os melhores e os piores do ano

por Redação CONCERTO 29/12/2011

O Papo de Música, podcast da Revista CONCERTO, realizou duas edições especiais com as retrospectivas 2011, da programação de óperas e das temporadas sinfônicas, com o que aconteceu de melhor e de pior na música clássica durante o ano. Nos programas (que podem ser ouvidos no Site CONCERTO), os jornalistas João Luiz Sampaio, Irineu Franco Perpetuo, Leonardo Martinelli e Nelson Rubens Kunze comentam de forma descontraída os principais concertos e montagens, os grandes destaques, os problemas do meio cultural e elegem os melhores e os piores do ano de 2011.

 

Com ilustrações musicais e um formato acessível ao grande público, o Papo de Música, que tem edição de Marcos Fecchio, encerra a primeira temporada de programas – todos acessíveis pelo Site CONCERTO.

Papo de Música nº 15 – Retrospectiva 2011 - parte 2 "Concertos"

Papo de Música nº 14 – Retrospectiva 2011 - parte 1 "Óperas"

Para saber mais e ficar por dentro do que aconteceu na música clássica em 2011, ouça também as edições anteriores do Papo de Música:

Papo de Música nº 13 – A ópera “A Valquíria” no Teatro Municipal de São Paulo

Papo de Música nº 12 - Óperas e o Teatro São Pedro

Papo de Música nº 11 - Tosca no Festival de Ópera do Teatro da Paz

Papo de Música nº 10 – O fim da crise na OSB, as perspectivas para o futuro e a ópera Tosca no Municipal do Rio

Papo de Música nº 9 - O Festival de Campos do Jordão vai para a Osesp?

Papo de Música nº 8 - O Festival de Salzburg e a musica clássica no Brasil

Papo de Música nº 7 - Rigoletto nos 100 anos do Teatro Municipal de São Paulo

Papo de Música nº 6 - Retrospectiva 1º semestre

Papo de Música nº 5 - Temas atuais da música clássica no Brasil

Papo de Música nº 4 - A crise na Orquestra Sinfônica Brasileira

Papo de Música nº 3 - Destaques do 42º Festival de Campos do Jordão

Papo de Música nº 2 – A temporada de ópera do Teatro Municipal de São Paulo

Papo de Música nº 1 – O Festival Amazonas de Ópera e a montagem “O Diálogo das Carmelitas”